Golf do futuro vai ler placas

Enquanto muitas montadoras prometem recursos aparentemente impossíveis sem definir as datas de lançamento de seus protótipos, a Volkswagen colocou a bola no chão e mostrou planos bem sólidos para o mundialmente popular Golf. A montadora promete uma série de recursos inovadores para a versão 2012 do hatch. Além de versões com motor à combustão, motor diesel híbrido e motor elétrico, o carro deve ganhar uma série de sensores inteligentes para ajudar no quotidiano do motorista. Além do sistema park assist, que hoje já ajuda os donos de carros como o VW Tiguan a manobrar, o Golf será capaz de reconhecer sinais de trânsito e alertar o motorista sobre limites de velocidade, curvas perigosas e obstáculos. Usando as informações do seu sistema de navegação GPS embutido, o Golf poderá relacionar a velocidade do veículo com as manobras corretas numa subida ou numa curva, por exemplo. Os sensores de colisão também vão evoluir, auxiliando na troca de faixas de trânsito. Outro recurso interessante serão os faróis LED com luminosidade e alcance variáveis de acordo com as condições da estrada. Nada de ficar só entre o insuficiente farol normal e o excessivo farol alto. O próprio carro calcula e ilumina a estrada. O acessório revolucionário que transformará o computador de bordo do carro em um co-piloto completo (e falante) poderá estrear até antes de 2012, uma vez que o Golf e seu irmão mais caro, o Audi A3, compartilham vários recursos. Não há, entretanto, previsão de quando essas novidades chegarão para a versão nacional do Golf.

Anúncios

Comentários desativados em Golf do futuro vai ler placas

Arquivado em Marketing

Os comentários estão desativados.