Dentsu lança divisão de Esportes e Entretenimento

A Dentsu dá um novo passo rumo a seu plano de expansão no Brasil. A agência, que está presente no país desde 2004, acaba de criar a divisão de negócios de Esportes e Entretenimento. O foco é, claro, abraçar as oportunidades em ações de ativação que envolvam estratégias nessas duas áreas diante das expressivas oportunidades que se abrem com a realização da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas do Rio 2016.

A maior agência independente do mundo tem expertise no assunto. Há 28 anos é detentora dos direitos de comercialização de cotas de patrocínio dos Jogos Olímpicos do COI e há 20 da Copa do Mundo da Fifa. Também detém direitos da Federações Mundiais de Natação e de Atletismo. Na área de entretenimento, desenvolve projetos de animação, gaming e licenciamento de toy arts em suas unidades no Japão, Europa e Estados Unidos tendo inclusive levado o Oscar de Melhor Filme Estrangeiro de 2009 pelo filme Okuribito (A Partida), do qual participou da produção.

Para comandar a nova área foram contratados Marcio Leone, ex-diretor geral de atendimento da DPZ, para assumir a vice-presidência de atendimento e novos negócios, e Paulo Leal, que reúne passagens por Dream Factory, Time For Fun e Mondo, para o cargo de vice-presidente de mídia, conteúdo e entretenimento.

“A contratação desses dois experientes profissionais tem importância estratégica para o novo momento da Dentsu no País. Enxergamos no Brasil, principalmente com os dois eventos, um imenso potencial para esportes, música, espetáculos e eventos proprietários”, afirma Akira Suzuki, presidente da Dentsu no Brasil e América Latina.

Mapa de oportunidades

O escritório brasileiro da Dentsu atende a Toyota, Sony, Ajinomoto, Electrolux, Abbott, Embraer e Hisamitsu. “Já estamos conversando com os nossos clientes para mapear as oportunidades nessas áreas, pois muitos deles já realizam grandes eventos lá fora. Além disso, nada impede que possamos fazer projetos específicos para empresas e marcas que são atendias por outras agências na área de publicidade”, declara Leone. Ele cita, por exemplo, a Sony que é a fornecedora de todos os telões nos estádios e nas fan fests durante a Copa do Mundo, além de ter vários projetos na área de 3D.

A nova unidade se soma ao atual time de 100 funcionários da agência. “A idéia é termos na nova divisão cerca de 20 pessoas em seis meses, oito delas trabalhando dentro da criação. Assim, como não temos divisão entre on e off-line, nossos diretores de criação, redatores e diretores de arte irão trabalhar ao lado de diretores artísticos, de cenografia, de palco. Tudo muito integrado a um modelo de operação diferenciado”, acrescenta Paulo Leal.

Nayouki Tsuji, vice-presidente da Dentsu Brasil, acrescenta: “A empresa é muito forte em negócios de esportes, entretenimento e conteúdo, mas a real força está na capacidade de execução para integrar tudo isso, com toda variedade de atividades de comunicação”.

Nas próximas semanas um grupo de profissionais, vindo da matriz da Dentsu Esportes e Entretenimento, em Tóquio, desembarca em São Paulo para troca de know how. “Esse é um dos nossos diferenciais, pois essa divisão no Japão conta com 250 pessoas e um nível de sofisticação impressionante e esse intercâmbio será muito importante para que consigamos desenvolver projetos inovadores”, afirma Giuliano Loureiro, diretor financeiro e de operações da Dentsu Brasil. Ele também adianta que o escritório carioca, recém-lançado será estratégico para a nova divisão da agência.

Bom momento

O lançamento da divisão da Dentsu Esportes e Entretenimento ocorre duas semanas após a agência ter conquistado Leão de Ouro no Festival de Cannes, em Outdoor para o cliente L’Univers de Chocolat. A campanha sugere como ficariam as crianças se comessem a novidade da loja: chocolate com uísque. “Foi o primeiro Leão de uma unidade da Dentsu fora do Japão”, diz Alexandre Lucas, diretor de criação.

“Entramos no radar da matriz e em Cannes chegamos a conversar sobre a necessidade de ficarmos mais próximos, com a vinda para o Brasil dos principais nomes da área de criação de lá para possíveis eventos que pensamos em realizar para mostrar mais nosso trabalho global por aqui”, adianta Felipe Cama, também diretor de criação.

Depois da dissociação com a DPZ, no final do ano passado, a Dentsu vem atuando de forma independente no país. Desde abril, a agência ocupa três andares de uma nova sede no bairro no Itaim Bibi.

Anúncios

Comentários desativados em Dentsu lança divisão de Esportes e Entretenimento

Arquivado em Comunicação

Os comentários estão desativados.