LinkedIn aposta em grupos patrocinados

Anunciantes como HP e Intel pagam para criar grupos de discussões de temas de interesse.

Em um momento no qual as redes buscam formas de remuneração – o maior exemplo é o Twitter, que anunciou na semana passada sua primeira incursão na publicidade online – aA rede social LinkedIn aposta em uma nova plataforma de publicidade: os grupos patrocinados.

Considerada uma das representantes do que se chama de tríade das redes sociais – ao lado de Facebook e Twitter, ela já atraiu anunciantes como GP, Intel e Qwest Communications, em um modelo que combina rede social, conteúdo editorial e CRM.

Em fevereiro, a Qwest lançou o grupo SMB IT Connection, focado em prover para donos de empresas de pequeno e médio porte uma plataforma para discutir questões ligadas ao mercado de Tecnologia da Informação. O acordo envolve ainda a revista BusinessWeek, que fornece matérias de sua edição impressa para dar base às discussões.

Em março, a HP e a Intel anunciaram em conjunto o grupo Small Biz Nation, apresentado como um recurso voltado a proprietários de pequenos negócios.

De perfil corporativo, a rede LinkedIn tem 65 milhões de profissionais conectados. O grupo da Qwest, por exemplo, tem 500 pessoas, com expectativa de chegar a 3 mil e o logotipo da empresa aparece na página. O Small Biz tem 2 mil, e já teria ajudado a HP a divulgar seus produtos, como os PC´s tablets.

Com Adweek.

Anúncios

Comentários desativados em LinkedIn aposta em grupos patrocinados

Arquivado em Comunicação

Os comentários estão desativados.