Arquivo do dia: 22 de abril de 2010

Fischer apresenta Woodstock brasileiro ao mercado

Reedição do lendário festival terá foco ambiental e coprodução da The Groove Concept.

Começa a sair do papel a versão brasileira do festival Wood¬stock, lendário evento ocorrido em agosto de 1969, que marcou época ao unir música, contracultura e pacifismo.
No começo deste mês, o publicitário Eduardo Fischer, por meio de seu Grupo Totalcom, convidou diversos anunciantes para uma apresentação do evento, que deve acontecer ainda neste ano, em São Paulo.

A idéia é boa, mas jamais terá a alma e o sentido do primeiro.

A idéia é boa, mas jamais terá a alma e o sentido do primeiro.

Com o nome Stars With You – SWU/Woodstock, terá coprodução da The Groove Concept, empresa responsável pelas duas edições do festival Maquinária, que contou, no ano passado, com shows de Faith no More e Jane’s Addiction.

O Woodstock brasileiro usará o lema “Pequenas mudanças são grandes atitudes”, terá foco ambiental e será a primeira versão fora dos Estados Unidos, onde houve reedições em 1994 e 1999.

Anúncios

Comentários desativados em Fischer apresenta Woodstock brasileiro ao mercado

Arquivado em Comunicação, Marketing

Rayovac e Duracell brigam na justiça

Guerra das pilhas começou com desafio lançado pela Rayovac, alegando que alcalinas duram o mesmo tempo que as da rival

O mais novo burburinho da publicidade brasileira atingiu o mercado de pilhas, por conta de um desafio lançado na mídia impressa e na internet pela Rayovac à rival Duracell, alegando que as alcalinas das duas marcas duram o mesmo tempo.

A Duracell retrucou com dois processos na justiça comum, alegando “uso indevido de sua marca na campanha” da Rayovac, criada pela agência DPTO. Enquanto um processo criminal impetrado em São Paulo foi indeferido em primeira instância, outro, que corre na esfera cível do Rio de Janeiro, deu prazo de 30 dias para a campanha da Rayovac sair do ar – período que a empresa tem para questionar a decisão.

Atendida pela Leo Burnett, a Duracell não pretende alimentar a guerra na mídia.

A informação é da coluna Em Pauta, publicada na edição 1405 de Meio & Mensagem, que circula com data de 19 de abril de 2010.

Comentários desativados em Rayovac e Duracell brigam na justiça

Arquivado em Comunicação, Marketing

Pelé e Romário batem bola com Gisele

Nova campanha da Sky busca alavancar vendas de seus pacotes de canais às vésperas da Copa do Mundo

A übermodel Gisele Bündchen dando lições de futebol para os craques Romário e Pelé. Parece piada, mas é a nova campanha da operadora de televisão por assinatura Sky, que volta à mídia para tentar alavancar as vendas de seus pacotes de canais às vésperas da Copa do Mundo. A ação, criada pela Giovanni +DraftFCB, estreia adicionando a companhia dos craques do futebol à presença sempre atraente da modelo, que assumiu o posto de garota-propaganda da Sky no ano passado.

Para tentar transmitir a experiência de assistir a uma Copa do Mundo em alta definição, a agência explorou o universo do futebol de uma forma não tradicional. Gisele divide a cena com Pelé em um filme e com Romário em outro. Nos comerciais, após ver na TV lances que mostram gols perdidos pelos craques, a modelo dá uma de técnica e opina a respeito de como eles deveriam ter agido para que a bola entrasse na rede.

“Essa brincadeira é uma maneira de mostrar que, com a alta definição, os lances ficarão tão claros que todo mundo poderá incorporar um técnico de futebol. A reunião das três personalidades faz parte da estratégia da Sky de mostrar a sua superioridade. Já tínhamos a maior modelo do mundo e, agora, utilizamos os maiores nomes do futebol brasileiro em Copas do Mundo”, explica Adilson Xavier, copresidente e diretor nacional de criação da Giovanni+DraftFCB.

Além das inserções com a modelo, a agência preparou dois outros filmes com depoimentos de Pelé e de Romário. Nessas sequências, de 60 segundos cada, os jogadores divulgam o pacote promocional de R$ 69,90 e aproveitam para dar alfinetadas um no outro, na tentativa de convencer o público de quem foi melhor em campo.

Clique para ver os filmes:

Pelé – Mais de Mil

Romário – Mandei bem

Gisele ensinando Romário

Gisele dá bronca em Pelé

Comentários desativados em Pelé e Romário batem bola com Gisele

Arquivado em Comunicação, Marketing

Flávio Rezende será o novo presidente do IVC

Instituto muda estatuto e passa a contar com presidente executivo, posto a ser ocupado por Pedro Silva.

Flávio Rezende agora no Comando do IVC

O Instituto Verificador de Circulação elegeu na semana passada seu novo conselho diretor (veja aqui), que deverá escolher, em 5 de maio, o diretor de mídia da DPZ, Flávio Rezende, como novo presidente.

Ele sucede a Pedro Silva (ex-Procter & Gamble), que comandou o IVC na gestão 2008-2010 e deverá ser indicado para ocupar o novo cargo de presidente executivo do órgão.

As mudanças na governança do IVC, que completa 50 anos em 2011, são decorrentes da aprovação de um novo estatuto, configurando a primeira grande reformulação de sua história.

Entre outras novidades, o Instituto passa a contar com comitês especialistas focados na auditoria de cada segmento do mercado e lança um novo serviço até o final deste ano: o IVC Light, direcionado a publicações regionais, que passam a ter processos simplificados com o objetivo de aumentar a filiação de jornais de pequeno porte.

MM online

Comentários desativados em Flávio Rezende será o novo presidente do IVC

Arquivado em Comunicação, Marketing

O cinquentenário controverso de Brasília

Mesmo com as turbulências políticas, diversas ações e eventos marcam os 50 anos da capital

Depois de muitas idas e vindas em relação à participação de anunciantes e artistas, a capital do País comemora seu aniversário de 50 anos nessa quarta-feira, 21, com bem menos pompa e circunstância do que o previsto inicialmente. Antes anunciada como um evento grandioso – que pretendia trazer até o ex-Beatle Paul McCartney – a comemoração foi perdendo a adesão de diversos anunciantes. As sucessivas denúncias de corrupção ressabiaram o envolvimento das marcas – que provavelmente não gostariam de associar sua imagem à repercussão negativa do caso.

Mas algumas empresas decidiram deixar de lado o cenário político e investiram na data. A Vivo já deu início à sua campanha com diversos anúncios publicitários nos veículos locais, além da instalação do ícone da empresa no aeroporto parabenizando a cidade. A Coca-Cola também fez uma ação: em 21 de fevereiro transformou seus 50 caminhões de distribuição de bebidas – adesivados com imagens históricas da cidade – em museus itinerantes que desfilaram pela cidade. Além disso, também criou uma lata comemorativa, ilustrada com imagens de Brasília.

A ideia das latas foi compartilhada pela Ambev, que também ilustrou as embalagens de Antarctica em homenagem à cidade. A corretora de seguros BRB lançou outra campanha em homenagem ao aniversário da capital, desenvolvida pela Fields Comunicação e veiculada nos principais veículos de Brasília. O Banco do Brasil entrou como patrocinador da etapa brasiliense do Mundial de Vôlei de Praia, assim como a Swatch, que desenvolveu um relógio em homenagem a Oscar Niemeyer. A marca de cerveja Schincariol também decidiu comemorar a data instalando 40 outdoors na cidade com aas frases “ParabenzÃO. 50 anos de Brasília merece um cervejÃO”.

Para celebrar o dia do aniversário, foram chamados diversos artistas locais, como os Paralamas do Sucesso. Mas é uma baiana quem comandará a festa: Daniela Mercury será a mestre de cerimônias do evento, que acontecerá na Esplanada dos Ministérios e contará com três palcos diferentes. A comemoração terá um custo de aproximadamente R$ 8 milhões, segundo o secretário de Cultura, Silvestre Gorgulho.

MMonline.

Comentários desativados em O cinquentenário controverso de Brasília

Arquivado em Comunicação, Marketing

Publicidade online amplia vendas pela internet

Divulgar produtos e serviços pela internet amplia as vendas online das empresas em até 50%

Divulgar produtos e serviços pela internet amplia as vendas online das empresas em até 50%. É o que mostra a Pesquisa de Mapeamento da Internet, realizada pela Associação Comercial de São Paulo (ACSP). Entre as empresas que utilizam publicidade online e têm operações de comércio eletrônico, cerca de metade consegue mais de 10% do seu faturamento na internet; outros 16% têm de 10% a 30% do seu movimento de vendas na internet e, para 18% delas, as vendas online representam 30% a 50%.

Foram pesquisadas 500 companhias da cidade de São Paulo, a maioria microempresas (376) e de médio porte (95).O levantamento aponta que aproximadamente 30% delas, principalmente nos segmentos de indústria e atacado, vendem ou compram pela internet. Porcentagem semelhante faz algum tipo de divulgação ou propaganda online.

Segundo a superintendente da ACSP, Sandra Turchi, embora alguns empreendedores ainda sejam descrentes em relação à internet, esta situação tem mudado de forma significativa. “Os micro e pequenos empresários vem buscando aumentar seu conhecimento nos últimos três anos, seja para divulgar o canal online ou a loja offline”, afirma.

Com várias restrições, a publicidade online dentro do ambiente de pequenas e médias empresas, na maioria das situações, é feita internamente, como no exemplo das empresas de serviços (74%) e comércio varejista (80%). Apenas 6% a 7% têm suas ações executadas por agências de publicidade. Os meios mais utilizados para o estabelecimento desta comunicação são os sites de busca, os banners eletrônicos e o e-mail marketing.

O processo de monitoramento destas iniciativas segue a mesma linha: 53% das 91 empresas que declaram acompanhar os resultados o fazem internamente e 21% recebem relatórios da agência. O problema nos casos de monitoramento interno, segundo Sandra, é a dificuldade de se avaliar os resultados de maneira integral. “Provavelmente eles vão conseguir medir só uma parte. O que as empresas precisam é ter informações sobre as novas ferramentas”, defende.

Fonte: MM online.

Comentários desativados em Publicidade online amplia vendas pela internet

Arquivado em Comunicação, Marketing

LinkedIn aposta em grupos patrocinados

Anunciantes como HP e Intel pagam para criar grupos de discussões de temas de interesse.

Em um momento no qual as redes buscam formas de remuneração – o maior exemplo é o Twitter, que anunciou na semana passada sua primeira incursão na publicidade online – aA rede social LinkedIn aposta em uma nova plataforma de publicidade: os grupos patrocinados.

Considerada uma das representantes do que se chama de tríade das redes sociais – ao lado de Facebook e Twitter, ela já atraiu anunciantes como GP, Intel e Qwest Communications, em um modelo que combina rede social, conteúdo editorial e CRM.

Em fevereiro, a Qwest lançou o grupo SMB IT Connection, focado em prover para donos de empresas de pequeno e médio porte uma plataforma para discutir questões ligadas ao mercado de Tecnologia da Informação. O acordo envolve ainda a revista BusinessWeek, que fornece matérias de sua edição impressa para dar base às discussões.

Em março, a HP e a Intel anunciaram em conjunto o grupo Small Biz Nation, apresentado como um recurso voltado a proprietários de pequenos negócios.

De perfil corporativo, a rede LinkedIn tem 65 milhões de profissionais conectados. O grupo da Qwest, por exemplo, tem 500 pessoas, com expectativa de chegar a 3 mil e o logotipo da empresa aparece na página. O Small Biz tem 2 mil, e já teria ajudado a HP a divulgar seus produtos, como os PC´s tablets.

Com Adweek.

Comentários desativados em LinkedIn aposta em grupos patrocinados

Arquivado em Comunicação