Governo teria decidido liberar tarifa de trem de alta velocidade

O governo federal teria decidido liberar as tarifas do trem de alta velocidade entre Rio e São Paulo em alguns itinerários para tornar o projeto atraente ao setor privado, segundo o jornal Folha de S.Paulo. A tarifa controlada entraria em vigor apenas para a classe econômica e no trecho centro da rota Rio-centro de São Paulo. A intenção da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) seria manter uma política tarifária próxima da usada na ponte aérea, principal concorrente do trem.

A política envolveria preços mais baratos para quem compra com antecedência em períodos de baixa temporada, e mais caros para as compras de última hora. O trem de alta velocidade é considerado a maior obra do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e estaria despertando o interesse de empresários japoneses, alemães, franceses, coreanos, chineses e espanhóis. A vitória na concorrência seria definida pelo valor do empréstimo feito ao governo e pela tarifa mais barata para o preço regulado.

Anúncios

Comentários desativados em Governo teria decidido liberar tarifa de trem de alta velocidade

Arquivado em Economia

Os comentários estão desativados.