Arquivo do dia: 15 de janeiro de 2010

Hypermarcas entra em campo com Corinthians

No ano do centenário do clube, companhia confirma o patrocínio máster e a colocação de três outras marcas na camisa dos jogadores.

Novo patrocínio para o ano do centenário.

O grupo Hypermarcas acaba de anunciar que estará na camisa do Corinthians durante todo o ano de 2010. Depois de um longo período de negociações, o grupo, que é detentor de diversas marcas e produtos, confirmou o patrocínio principal do clube paulista pelos próximos 12 meses.

O peito e as costas dos jogadores do clube estamparão o logo Neo Química Genéricos, uma das mais recentes aquisições da Hypermarcas, concluídas no último mês de dezembro. Além disso, o comunicado da companhia também afirma que outras de suas três marcas também entrarão em campo com o time, que comemora seu centenário neste ano de 2010.

Além da Neo Química, a Hypermarcas também manterá a Bozzano e a Avanço – que já ocupavam os espaços dos ombros e das axilas, respectivamente – e colocará o logo da marca de detergente em pó Assim. Esse espaço, atualmente, é ocupado pela Tele-Sena e Lojas do Baú – pertencentes ao Banco Panamericano, que patrocina o clube paulista até o fim de janeiro. O banco utiliza o espaço denominado “barra/calção” até o final do mês. O espaço é o único ainda disponível para negociação pelo clube.

Questionada pela reportagem, a Hypermarcas não revelou o valor do contrato de patrocínio. Apesar disso, especulava-se que a oferta feita pela companhia atingia o montante de R$ 38 milhões. A Hypermarcas deve entrar em campo com o Corinthians somente após o término do contrato da Batavo, que é o atual patrocinador máster do clube.

A Neo Química também será a patrocinadora do Goiás em 2010. Porém, para o clube do Centro-Oeste, a companhia desembolsa R$ 3 milhões por ano.

Anúncios

Comentários desativados em Hypermarcas entra em campo com Corinthians

Arquivado em Comunicação, Marketing

Combustíveis; Menos álcool na gasolina.

Portaria interministerial divulgada na segunda-feira, 11, estabeleceu redução de 25% para 20% o

porcentual obrigatório de adição de etanol anidro combustível à gasolina. A medida entra em vigor

em 1º de fevereiro e vale por noventa dias.

A portaria foi assinada pelos ministros das Minas e Energia, Agricultura Pecuária e Abastecimento,

Fazenda e do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Segundo a Agência Brasil a redução foi

motivada pelo constante aumento do preço do álcool em todo o País.

Segundo a ANP, Agência Nacional do Petróleo, apenas em seis estados o abastecimento com álcool é

mais vantajoso do que com gasolina: Bahia, Goiás, Mato Grosso, Paraná, Pernambuco e Tocantins.

Em Alagoas é indiferente e nos demais estados e no Distrito Federal a gasolina é mais vantajosa.

Comentários desativados em Combustíveis; Menos álcool na gasolina.

Arquivado em Economia

Ranking de Automóveis, Caminhões e Ônibus

Comentários desativados em Ranking de Automóveis, Caminhões e Ônibus

Arquivado em Economia, Marketing

Trem-bala não será finalizado a tempo da Olimpíada, diz agência

Não dará tempo...

A ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) disse na quarta-feira, 13, que espera obter a

licença prévia do TAV (Trem de Alta Velocidade) – que interligará Rio de Janeiro, São Paulo e

Campinas – em “meados de 2011”. Mais: essa ainda é apenas uma expectativa, revelou Hélio França,

superintendente-executivo da agência, em audiência pública para discussão do edital de licitação, em

São Paulo. A licença dependerá ainda da apresentação do estudo de impacto ambiental que será feito

somente depois de conhecido o traçado definitivo, algo que só ocorrerá quando o leilão apontar o

consórcio vencedor. Hoje, a ANTT tem apenas um traçado referencial, a partir do qual colheu

informações sobre demanda pelo serviço e dados sobre o custo final do projeto, estimado em R$ 34

bilhões. Tudo isso terá ainda de ser avaliado pelos técnicos da agência ambiental federal, o Ibama.

Por tudo isso, a ANTT diz que não irá se comprometer com qualquer data para o início da operação

do chamado trem-bala, muito menos referendar expectativas do governo federal de ter ao menos

parte do empreendimento pronto a tempo da realização dos dois maiores eventos esportivos do

mundo: a Copa do Mundo de 2014 ou a Olimpíada de 2016, no Rio.

Comentários desativados em Trem-bala não será finalizado a tempo da Olimpíada, diz agência

Arquivado em Economia

Renault planeja parar de produzir modelo Clio na Espanha e Eslovênia

Agora em outros países

A montadora francesa Renault está estudando interromper a fabricação de seu modelo Clio na

Espanha e na Eslovênia, anunciou na quarta-feira, 13, seu diretor geral, Patrick Pelata, após uma

reunião em Paris com o ministro francês da Indústria, Christian Estrosi. “Planejamos parar a produção

do Clio na Espanha e na Eslovênia”, declarou Pelata. “Ainda não é o momento de tomar decisões”,

ponderou, depois de ouvir que o governo francês é contra a medida. Vários membros do governo

francês disseram que parar de fabricar o Clio nestes países é “inaceitável”. “De qualquer modo, o Clio

continuará a ser produzido na fábrica de Flins (em Paris), aconteça o que acontecer”, afirmou Pelata,

que deve se reunir em breve com o presidente Nicolas Sarkozy para discutir uma possível

transferência da linha de produção para a Turquia. Estrosi anunciou que o presidente da Renault,

“Carlos Ghosn, ouvirá com mais firmeza nos próximos dias o presidente Sarkozy”.

Comentários desativados em Renault planeja parar de produzir modelo Clio na Espanha e Eslovênia

Arquivado em Economia

Consumo de etanol caiu 500 milhões de litros

Cai o consumo do etanol

Desde o início da alta dos preços do etanol hidratado, no fim de outubro, o consumo do combustível

já recuou 500 milhões de litros. A informação é do diretor técnico da União da Indústria de Cana-de-

Açúcar (Única), Antonio Pádua Rodrigues. Segundo ele, a expectativa inicial era de que, se a

demanda por hidratado, que abastece os carros flex, se mantivesse em alta crescente, excederia em

cerca de 1 bilhão de litros a oferta prevista para o primeiro trimestre. “Parte deste montante já foi

economizado até dezembro.” O executivo também informou que o preço alto é uma forma de reduzir

a demanda pelo combustível.


Comentários desativados em Consumo de etanol caiu 500 milhões de litros

Arquivado em Economia