Mantega diz que não vê razão para alta da taxa de juros.

Mantega

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou nesta quinta-feira não haver necessidade de o Banco Central elevar a taxa de juros nem agora nem no próximo ano. A avaliação de Mantega foi feita após analistas do mercado financeiro especularem a tendência de alta que deverá ser tomada pela autoridade monetária.

“Este ano vamos terminar com resultado positivo. No próximo ano 5% é uma taxa de crescimento que os analistas estão projetando. Com esse cenário não há pressão inflacionária na economia. É o melhor resultado das economias do G20 e não gera pressão inflacionária. Alguns setores estão precipitando-se, fazendo análises com muito entusiasmo. A economia está preparada para crescer 5% no ano que vem, sem gerar nenhuma pressão inflacionária adicional. Não vejo nenhuma necessidade de alguma elevação da taxa de juros”, disse Mantega ao participar do 8º balanço do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC).

Ele ainda classificou como “suposições equivocadas” as projeções maiores para os juros do mercado futuro e disse que iniciativas como essa podem refletir uma disposição do mercado de trabalhar com juros maiores.

“Alguns analistas começaram a interpretar que estaria em curso um aquecimento da economia maior do que aquele que estava realmente na nossa previsão. Isso é um equívoco, na minha impressão. A taxa de juros do mercado futuro andou subindo por diversas suposições equivocadas. Tenho a impressão que alguns setores estão tentando criar condições para subir a taxa de juros. Não precisamos dessa elevação. Tem gente que está interessado em subir a taxa de juros. Ela é indevida”, afirmou.

Fonte: Terra.

Anúncios

Comentários desativados em Mantega diz que não vê razão para alta da taxa de juros.

Arquivado em Economia

Os comentários estão desativados.